terça-feira, 24 de maio de 2011

Mamaço Nacional no Rio de Janeiro


Cinco de Junho é dia do meio ambiente, por esta razão foi escolhido para a realização do evento Mamaço Nacional.

O movimento pela amamentação já é antigo e consolidado, basta ver quantas ONGs mantém atuante a conscientização e valoração da amamentação.
Mas, a expressão Mamaço, surgiu após a antropóloga Marina Barão, ter sido impedida, cerca de dois meses atrás, pela monitoria da exposição do artista plástico Leonílson, no Instituto Itaú Cultural da Avenida Paulista, com a argumentação de ser proibido se alimentar naquela sala.
A mãe portava seu bebê de dois meses num sling, que ao sentir fome, naturalmente o colocou para mamar.  
Após o incidente, Marina organizou o movimento que chamou de “Mamaço Cultural”, onde reuniu pouco mais de 50 mães num evento apoiado pela instituição, que se retratou publicamente.

Paralelamente, nos dias que antecediam o evento, que aconteceu no início deste mês de maio, a jornalista Kalu Brum, publicou em seu perfil na rede social Facebook uma foto sua amamentando seu filho.
No dia seguinte, o Facebook enviou-lhe um comunicado, que sua foto seria retirada por conter conteúdo impróprio.
A Jornalista então criou uma comunidade na rede convidando a todos que trocassem a imagem de seus perfis, por uma foto de amamentação, e aludindo ao evento em São Paulo, chamou a comunidade de “Mamaço Virtual – Porque Amamentar é Beleza Pura!”, além de ter acontecido uma blogagem coletiva em muitos blogs escritos por mães.

Os dois eventos foram um sucesso, pois abriu ainda mais espaço para discutir a valorização da amamentação e dessa forma discutir também, a inclusão de espaços destinados à amamentação em locais públicos.

A temática é abrangente, e envolve não só questões políticas e antropológicas, como, o assunto permeia toda a sociedade e precisa que haja um redirecionamento em toda a estrutura pensada até então, para que a Família seja prioridade na construção de uma nova sociedade.

Assim surgiu o evento “Mamaço Nacional”, afim, de dar continuidade ao evento que já aconteceu na cidade de São Paulo, para que o tema se faça ainda mais presente nas mídias e nas pautas do congresso.

Muitas Cidades já confirmaram sua participação, tais como Belo Horizonte, Recife, Florianópolis, Curitiba e outras que estão aderindo e juntando forças.
O evento está sendo produzido por mães em caráter informal, sem fins lucrativos.


Pretendemos reunir mulheres e sua rede de apoio num espaço público para conversar, trocar informações, ampliar nossas redes e amamentar nossos filhos.

Para o Rio de Janeiro, a idéia é fazer um piquenique no parque, onde cada um traga um lanche ou uma fruta para uma celebração coletiva.
Além da roda de amamentação, teremos a participação de mães artistas apresentando seus trabalhos.
Já temos confirmada a apresentação de um recital de Kantele, um instrumento finlandês, com Marília Felicíssimo, Teatro de mesa para as crianças pequenas com Ana Luiza e Miza, Contação de Histórias para os maiores com Maribel Barreto.  
Estamos sugerindo também, que as mães tragam fotos pessoais amamentando seus filhos, para fazermos um varal de exposição dessas fotos. 

Maribel Barreto
Mãe,
Organizadora do evento no Rio de Janeiro,
Autora do Blog “Um Blog de Mãe”,
Contadora de Histórias

Contato:
9285 7018
barreto.maribel@gmail.com

Serviço:
Parque Lage (A Confirmar)
dia 05/06 as 10 horas


Blog de Divulgação do Evento de Clara K Maluk
Grande Mamaço Nacional



Espero que todas as mamíferas e amigas do peito se animem pela causa.

Mil beijocas e Namastê.

Doula Pati Fróes
Carinho, apoio e cuidado no momento que a mulher mais precisa

Nenhum comentário:

Postar um comentário